terça-feira, 23 de dezembro de 2008

FELIZ NATAL!

PessoALL,

é com muita alegria e paz no coração que agradeço a todos pelo carinho, companhia, confiança, amizade e respeito dedicados durante o ano de 2008.

Na oportunidade, como é chegado o NATAL, aproveito para pedir perdão àqueles que de algum modo eu tenha deixado de estar presente, nas horas boas ou ruins, mas saibam que do meu jeito, lá fundo eu sempre me preocupei e procurei fazer o meu melhor.

Aos meus ex-alunos, que estão sofrendo aguardando o resultado da COVEST, ou aqueles já estão comemorando a aprovação na UPE, muito sucesso e calma, pois tudo tem sua hora. Não desista, jamais! Obrigado pelo carinho de todos vocês.

Fiquem com Deus, e lembrem-se: precisamos de mais afeto, mais fraternidade, MAIS COLETIVIDADE e MENOS INDIVIDUALISMO! Vamos buscar fazer o bem, pensar no coletivo, no próximo!

FELIZ NATAL !!!
Que a PAZ do Nosso Senhor Jesus esteja convosco!
A VIDA É MARAVILHOSA!

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Dia da Consciência Negra.

Nesta quinta-feira (20 de novembro) é comemorado o Dia Nacional da Consciência Negra. A data lembra o dia em que foi assassinado, em 1695, o líder Zumbi, do Quilombo dos Palmares, um dos principais símbolos da resistência negra à escravidão.

A data foi escolhida em contraposição ao 13 de maio, quando foi assinada a Lei Áurea pela princesa Isabel, decretando a abolição da escravatura, em 1888. Ao invés de celebrar a generosidade de uma branca em relação aos negros, o movimento considerou o 20 de novembro mais expressivo para a luta dos negros por sua libertação.
O dia será celebrado em todo o País com palestras, protestos e reivindicações, como as do Movimento Negro Unificado (MNU) que reivindica a garantia do ensino de história e cultura afro-brasileira na rede pública, conoforme prega a lei 10.639/03, que garante a inclusão do tema nos currículos escolares, não é cumprida.
O Ministério Público de Pernambuco, através do Grupo de Trabalho sobre Discriminação Racial (GT Racismo) Institucional tem promovido durante a semana da Consciência Negra uma série de eventos que buscam esclarecer e combater o RACISMO INSTITUCIONAL. Para saber mais sobre o GT RACISMO acesse http://www.mp.pe.gov.br/index.pl/gt.


segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Critica de cinema. Por Marcello Borba

Dos besterois da sessão da tarde à confirmação propagandistica de Hollywood

Filme é algo muito pessoal. Cada um tem o seu gosto. Aventura, drama, comédia, histórico, terror e etc.

A lista é imensa, porém independente de gênero, um filme tem que ter uma coisa só: qualidade. Como não se emocionar com “homens de honra”, ou não se encantar por “sociedade dos poetas mortos”, ou quem sabe se admirar com a incrível história do filme “matrix”? São gêneros independentes e, às vezes, adversários.

Mas esse cara não curte filmes nacionais? Claro que curto, na verdade estou admirando a cada dia que passa os filmes nacionais, descobrindo o talento do Glauber Rocha, a fineza de Fernando Meireles e me espantando com as produções atuais de nosso cinema( tirando Eliana e o segredo dos golfinhos e o fracasso Acquaria).

Mas ainda não é ai onde quero chegar.

O mundo tem uma produção anual de filmes monstruosa, só a Índia, maior produtora de filmes do mundo, produz por ano mil filmes. Os Eua produzem milhares, fato que uma pouca dezena deles possui certa qualidade, e o Brasil engatinha neste sistema. Porém a produção do que já foi feito é imensa. Temos muitos filmes bons, de qualidade e que ensinam muito para as pessoas. A péssima qualidade dos filmes que circundam a sessão da tarde é deprimente, por ano são 3 vezes a lagoa azul, 3 vezes crocodilo dante e umas 5 de Volcano, a fúria.

Tudo bem que este horário é de lazer, mas venhamos e convenhamos. Se a desculpa que você for jogar for o horário, vamos analisar todas as emissoras no conjunto. Quantas passam filmes bons, de verdade, daqueles de encher o peito? Um filme como “sociedade dos poetas mortos” já não passa há dois anos, perfume de mulher nem se conta e uma gama de tantos outros que nunca passaram mas que são imperdíveis.

Os conspiradores diriam que é para manter o povo alienado, sinceramente eu não sei. É fato que existem muitos interesses em manter certas produções escondidas do público em geral, só os apaixonados por cinema ou curiosos que descobrem e vêem.

A televisão poderia ser uma arma de entretenimento, diversão e conhecimento. Mas a cada dia se transforma num misto de celebridades patéticas, com shows de horror da vida pública. É deprimente tal situação. E olhe que nem considerei neste hall os filmes cabeçudos, dito do pessoal alternativo, que passam no cinema da fundação por exemplo, estes se for depender dos donos de emissora ganharão mofo eterno.

Não dá para entender.

Se você entende, faça um filme, no estilo do de Orson welles, “O cidadão Kanne” e descubra, se é que há, a instituição que controla isto aqui, porque eu não sei.

Na verdade, estou indo desligar a televisão, pois acabei de ouvir que irá passar pela 3 vez este ano o “Idependece Day”.

Americanos e sua mania de salvar o mundo só fazem lotar o mercado fonográfico de filmes propagandisticos de sua doutrina, ainda bem que VAN DAME, STALONE, ou Schuaznager parecem obsoletos, se não, a pancadaria estaria à solta.

Astalavista baby!!!

domingo, 2 de novembro de 2008

Qual o papel de um Movimento Estudantil? Por Marcello Borba.

Muitos diriam que o movimento estudantil está morto. Perdeu suas ideologias, perdeu sua força, seriedade e comprometimento social. Mas não é bem assim.

O ME está vivo, é certo que não como antigamente, no qual tinha-se uma seriedade maior e um comprometimento de fazer política estudantil e não autopromoção de imagem, como se vê muito nos dias atuais.

Podemos apontar vários fatores para explicar o porquê da fraqueza deles nos dias atuais, mas eu diria apenas uma: é bonito ser membro do DA.

Como todo movimento que começa sério e de forma atuante e que demonstra, acima de tudo, um respaldo social para as pessoas que participam, este virou popular. Todo playboy pseudo-intelectual quer fazer política estudantil para aparecer, pegar mulher, promover sua carreira política e encher de orgulho o peito do papai que foi um ex-militante. “Houve uma popularização destrutiva das ideologias estudantis por causa da entrada de militantes fracos e patéticos, que estão preocupados com tudo, menos na construção do espaço universitário e social”[1].

Como digo, isto não é geral, ainda existe, e como existem pessoas comprometidas de verdade no ME, porém estão se tornando minoria a cada dia que passa. Alguns usam o ME como trampolim político, e essa é a 1° imagem que vem à cabeça do estudante quando vê um rapaz que diz fazer política estudantil: “ este ai será um futuro prefeito”.

Mas qual seria o papel de um movimento estudantil na conjuntura atual? Como ele pode transformar a sociedade, ou a própria universidade pública numa entidade que traga ao estudante um ensino de qualidade e uma estrutura adequada?

Para não ser muito prolixo, colocarei apenas um exemplo de como deve ser a atuação estudantil. Cobrança! Isso mesmo, cobrança!!!!

O movimento tem que ir à direção e cobrar, fazer pressão, cobrar professores em sala, cobrar uma melhor estrutura, cobrar livros novos na biblioteca, cobrar mais segurança e muitas outras coisas. As que enumerei aqui são apenas algumas das tantas que podem ser feitas na universidade, fora as que podem ser feitas para a sociedade que num outro momento enumero.

Vejamos um exemplo: se a sua biblioteca tem alguns volumes obsoletos e tantos outros que nem possui, o que você faria? Pergunto tanto ao movimento estudantil, como ao estudante sem está vinculado a movimento estudantil.

Vá cobrar do reitor, faça barulho, exija da coordenação que se movimente. A verba do governo federal vem justamente para isso, se o acervo não é renovado é porque a gestão não liga para tal.
Porém, em muitas universidades PÚBLICAS o que nós vemos são estudantes fazendo cotinha para comprar livros novos, indo as ruas pedir dinheiro no sinal, ou até os próprios movimentos estudantis, numa atitude puramente eleitoreira, compram os livros para agradar seus eleitores menos politizados.

Isso é um erro, é assistencialismo barato é a conformação da irresponsabilidade e incoerência estudantil.

Vejamos se o seu professor falta às aulas, o que vocês farão? Juntarão os estudantes, farão um cotinha e com o dinheiro arrecadado pagarão a um professor particular? Se o quadro negro não funciona, vocês comprarão outro? Se a estrutura está péssima, vocês pagarão o concerto da universidade?

Lógico que a resposta para todas estas perguntas é não! Todas estas medidas são apolíticas, são uma forma infantil e insuficiente de resolver os problemas de nossas universidades públicas.
Cabe a nós, organizar-mos, movimentar-mos e irmos cobrar, fazer mobilização, ir à reitoria, fazer protesto. O dinheiro existe e está sendo empregado onde?

O problema é que o estudante universitário está hibernando intelectualmente, encontra-se gordo e sonolento, qualquer solução fácil e barata tem para ele um caráter sólido e eficiente por puro comodismo.

Vamos lá estudantes, cobrem um melhor espaço, uma melhor estrutura, não fiquem cegos e confiantes nos ME’s de suas universidades, muitos deles têm uma atuação barata e peleguista, disso a universidade pública não precisa.

Precisa de movimentação dos estudantes, sem isso, ficaremos pagando, além dos impostos, por um ensino que deveria ser gratuito e de qualidade.

[1] Trecho retirado da fala de um estudante, num congresso da UNE.

sábado, 1 de novembro de 2008

Entenda os confrontos entre governo e rebeldes no Congo

Caros FERAS,

está chegando a hora da revisão final e acho que o texto abaixo pode ajudá-los na prova da COVEST, lembrem-se de que no ano passado "caiu" uma questão sobre os conflitos em Moçambique. Embora, eu tenha dito que o momento é de relaxamento e vale a pena acompanhar os noticiários na TV ou internet.


Os confrontos entre tropas da República Democrática do Congo e rebeldes liderados pelo general Laurent Nkunda aumentam o risco de uma crise humana na região.

Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), até 45 mil pessoas já deixaram campos de internamente deslocados no leste do Congo, fugindo dos rebeldes que estão avançando pela região - que já tem cerca de 1 milhão de deslocados.

As forças rebeldes ameaçam tomar Goma, capital da província de Kivu do Norte e uma das maiores cidades do leste do país.

Os confrontos ganharam força a partir de agosto, quando um acordo de paz assinado entre governo e rebeldes em janeiro foi suspenso.

Para entender melhor um pouco mais sobre os conflitos acompanhe, abaixo, algumas PERGUNTAS e RESPOSTAS feitas pela BBC de Londres.

Por que estão ocorrendo novos confrontos?
Não está claro ainda. O general Nkunda diz que luta para proteger sua etnia, a tutsi, de ataques por parte de rebeldes ruandeses da etnia hutu. Entre esses rebeldes, segundo Nkunda, estariam alguns acusados de participar do genocídio ocorrido em Ruanda em 1994.

No genocído de Ruanda, milícias extremistas hutu e integrantes do Exército ruandês foram acusados de cometer um massacre sistemático de tutsis. Em cem dias, cerca de 800 mil tutsis e hutus moderados foram mortos.

O governo do Congo já prometeu repetidas vezes impedir que milícias hutus utilizem seu território, mas até agora não cumpriu a promessa.

O último prazo para cumprir essa medida expirou no final de agosto, exatamente quando os cofrontos foram retomados.

No entanto, alguns analistas afirmam que os confrontos poderiam ter outro motivo. O leste do Congo é rico em recursos naturais, como ouro, e a luta poderia ser pelo controle dessas riquezas.

O general Nkunda tem apoio de alguém?
O governo do Congo acusa Ruanda de apoiar o general Nkunda com tropas e artilharia pesada.
Ruanda nega essas acusações, apesar de ter invadido o Congo duas vezes nos últimos anos.

O presidente de Ruanda, Paul Kagame, é um ex-rebelde tutsi que participou do fim do genocídio.
O Exército congolês é acusado de colaborar com rebeldes hutus tanto nos confrontos armados como na exploração das minas da região.

Isso leva alguns analistas a afirmar que seria plausível que Ruanda estivesse usando as forças do general Nkunda para pressionar o Congo a cumprir sua promessa de desarmar as milícias hutus.

O que a ONU tem feito em relação ao conflito?
Essa é a pergunta feita por muitos congoleses. A ONU tem uma força de paz de 17 mil soldados no Congo - a maior missão da organização no mundo.

Alguns congoleses acusam a ONU de não fazer nada, e já houve ataques aos escritórios da organização em Goma.
A missão da ONU, porém, enviou helicópteros para ajudar a frear o avanço das forças rebeldes em Goma e pediu reforços para ajudar a pôr fim aos confrontos.

Qual a situação dos civis?
Agentes humanitários estão extremamente preocupados com as dezenas de milhares de pessoas que vivem na área dos conflitos.

Todos os lados são acusados de cometer atrocidades contra civis, principalmente estupros em massa.

Segundo a ONU, até 45 mil pessoas já deixaram campos de internamente deslocados no leste do Congo para fugir dos rebeldes e seguiram para Goma.

Muitas das pessoas que fugiram para Goma são obrigadas a dormir ao ar livre e contam apenas com a ajuda dos habitantes locais e de agências humanitárias para conseguir comida.

A previsão é de que muitos outros sejam afetados pelos confrontos. A ONU também teme que haja muitas mortes por desnutrição.

Grande abraço a todos. Rumo à vitória!

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

COVEST 2009 - Prova de LITERATURA. Por Marcello Borba

A prova de literatura na 1° fase não é de apresentar muitas dificuldades. Ela leva a fama dos alunos como “ a salvadora”. Este ano não deve ser diferente.

Contamos com 1 questão de modernismo, uma de realismo, uma de literatura portuguesa e uma que abrange várias escolas literárias.

Vamos analisar minuciosamente:

1 questão de modernismo é de prache, sempre caiu modernismo na 1° fase. Em épocas anteriores quando eram 8 questões tínhamos às vezes 50% ou mais da prova sobre modernismo.

2 uma questão de literatura portuguesa, por este conteúdo ser relativamente novo nos nossos vestibulares e ter autores de relevância mundial como Pessoa, Saramago e Eça.
Minha aposta cai numa questão sobre saramago, até por causa da mídia está muito em cima dele atualmente com o filem baseado em seu livro polêmico: ensaio sobre a cegueira.

3 uma questão de realismo por ser o centenário de Machado de Assis. Professor de literatura em geral tem uma verdadeira “tara” por Machado e creio que o seu centenário de falecimento não passará em branco.

4 uma questão que englobe todos os assuntos pois ai o aluno que estudou o ano todo, todas as escolas se sentirá bem cobrado.

Bem... são especulações e algumas observações, podem ser concretizadas ou não. Mas já é um guia para o aluno ficar por dentro do que pode esperá-lo este ano.

domingo, 26 de outubro de 2008

O Tratado de Maastricht e a unificação européia.

No dia 1º de novembro de 1993, entrou em vigor o Tratado de Maastricht. Ele marcou não apenas o nascimento da União Européia - que antes se chamava Comunidade Européia - como também do euro, a moeda comum adotada por 12 países da UE.
Mesmo dez anos após entrar em vigor o Tratado de Maastricht, os critérios de estabilidade que também levam o mesmo nome da cidade holandesa estão mais atuais do que nunca. Diante do endividamento da França e da Alemanha, o limite de déficit orçamentário de 3% do PIB que o tratado fixa tornou-se um grande problema. Também a regra de que a dívida pública não deve passar de 60% do Produto Interno Bruto continua atual, porque alguns países não se atêm a ela. A Itália, um dos membros fundadores da União Européia, deve chegar este ano a 106% do PIB.

Marco histórico
Os ministros do Exterior e das Finanças da União Européia assinaram o tratado em 7 de fevereiro de 1992, na cidade do sul da Holanda, mas ele só entrou em vigor em 1º de novembro. Ele foi um marco na história da UE, por duas razões. Em primeiro lugar, criou a União Econômica e Monetária, que culminou com a introdução da moeda comum, o euro, em inicialmente 11 países, no dia 1º de janeiro de 1999.


Por outro lado, Maastricht estabeleceu a União Européia, que antes existia como uma comunidade de países unidos por inúmeros acordos confusos que, em parte, se sobrepunham ou até se anulavam. Com o Tratado de Maastricht, o processo da unidade européia adquiriu uma nova qualidade. Além da União Monetária, ele trouxe duas importantes novidades: uma política externa e de segurança comum, e maior cooperação nas políticas interna e judicial.


Pedras no caminho do euro
Com Maastricht, porém, aumentou o ceticismo quanto ao euro. Um indício disso é a difícil aceitação do tratado nos países membros. Até mesmo os dinamarqueses, que são muito conscientes das vantagens da UE, só se pronunciaram a favor do tratado no segundo plebiscito, em 1993 e, mesmo assim, depois de terem sido concedidas algumas exceções a Copenhague.

Na França, prevaleceu o "sim", mas o resultado do plebiscito foi bastante apertado. Na Alemanha, houve que eliminar, primeiramente, a possibilidade de que se questionasse a constitucionalidade da partipação alemã na nova União Monetária, abrindo mão de parte de sua soberania.

Balanço com pequenos defeitos
Bruxelas considera a União Monetária, que começou com Maastricht, um grande sucesso. Nesse meio tempo, 12 países integram a zona do euro, somente a Suécia, Dinamarca e Grã-Bretanha mantiveram suas moedas. No entanto, uma análise mais detalhada revelaria que o balanço não é tão positivo. Apesar da moeda única, a conjuntura não decola há anos na Alemanha, onde muitas pessoas chamam o euro de "teuro", uma mescla do nome da moeda com a palavra teuer, caro.

É certo que os europeus criaram um novo Banco Central Europeu em Frankfurt, mas as capitais ainda ditam suas políticas orçamentárias. Especialistas em finanças consideram isto problemático, pois a Comissão Européia, como "guardiã da estabilidade do euro", não possui poder suficiente de intervir contra os países com altos déficits. "Felizmente estamos com uma boa cotação em relação ao dólar. Nesta situação, um euro fraco seria uma catástrofe", afirma um analista financeiro.

Novos membros preparam-se para o euro
Entre os critérios de estabilidade fixados pelo Tratado de Maastricht para quem quiser participar da União Monetária, também consta a taxa de inflação. Seu limite não deve passar de 1,5 ponto percentual acima da média dos três países com a menor carestia. Muitos países da Europa Central e da região do Mediterrâneo, que ingressarão na UE em 1º de maio de 2004, estão tratando com grande intensidade de cumprir os critérios, pois também querem entrar para a zona do euro.

No entanto, isso não deve acontecer antes de 2006/2007. As regras estabelecem que as moedas de países como a Polônia ou a Hungria permaneçam pelo menos dois anos dentro das "bandas normais" do Sistema Monetário Europeu, sem sofrerem desvalorização. Isso também foi regulamentado pelo Tratado de Maastricht.
Saiba mais sobre a origem da UNIÃO EUROPÉIA acessando
Boa leitura.

Conhecendo o Sistema Financeiro da União Européia

O extinto marco alemão criou os fundamentos de um sólido sistema financeiro na Alemanha. Os instrumentos de estabilidade do euro, a moeda da União Monetária Européia, basearam-se na política monetária alemã.
Para conhecer um pouco do Sistema financeiro da União Européia, acesse o site da DEUTSCH WELLER e entenda um pouco do complexo sistema monetario do maior bloco econômico, em atividade, no mundo.

domingo, 19 de outubro de 2008

crônicas-orkut. Por Marcello Borba

O orkut é um fenômeno mundial, o paraíso para os desocupados de plantão com chats, vídeos, imagens bonitinhas, e todo o tipo de diversão solítária. É definitivamente a "terra de ninguém", você entra no meu, eu entro no seu e fica por isso mesmo. Tem alguns que colocam bem grande: " não adiciono estranhos"; outros, " fuço mesmo por que?".Porém o orkut não é só isso não. Ele merece uma tese de doutorado em oxford, virou uma nova maneira de namorar, uma nova maneira de se relacionar, uma nova maneira de ganhar dinheiro, uma nova maneira de ser você. Duvida?Qual mulher ainda não recebeu o convinte para ser amigo de um cara estranho? E no recado estava a seguinte pérola:" oi gata te adicionei porque vi que você tem algumas comunidades parecidas com a minha; ou pior ainda , "quando entrei na comunidade, eu vi tua foto e te achei linda, me adiciona ai, nós temos muito em comum". Fala sério o que diriam nossos avós dessa nova forma de tentar namorar, e o pior, é o rapaz achar que vai conseguir alguma coisa desse jeito. Que é muito mais prático é, não tem ninguém vendo, você não precisa falar, o máximo que você pode receber é um recado indelicado, mas ai você apaga e pronto, manda recado pra outra. Tem gente pra tudo. Amigo virtual é muito bom. E quando você encontra um amigo que não via há muito tempo, é uma festa, seus olhos brilham de alegria, seu coração dispara, suas mão tremem. O primeiro recado é bem longo, é quase assim:" E ai rapaz conta as boas. Tais fazendo o que dessa vida? E a galera da época tem contato? Saudades de você! Manda noticias. me adiciona no msn +*&%$#@#@@$ abração!!!!!!!!!!!!" E para provar que o cara é mesmo importante você o adiciona como melhor amigo. Ai pronto a aflição é grande, até a resposta dele. Se for um viciado ele responde na hora, se não for, demora um dia, dois no máximo. E a resposta vem assim: " Já está aceito Amigo!!!!!!!! Pois é quanto tempo. Rapaz você mudou muito, as boas é que to na faculdade. E to por ai né curtindo essa vida. E você? Ta namorando né? Manda noticias. Abraços!!!!!!!!!!!!!!Essa conversa merece algumas observações.1° o excessivo uso de exclamações. Isso é para demosntrar alegria, demonstrar que se estivessem conversando pessoalmente ele estaria dando pulos na rua.2° o rapaz que respondeu está fazendo faculdade particular. Por que? Porque quem faz federal bota assim: To na FEDERAL fazendo.... Quem tá na particular, ou bota o curso, ou bota que ta na faculdade.3° depois dessa conversa, sabe qual vai ser a outra vez que eles vão conversar? NO aniversário de um dos dois: "Ae meu vei parabens pra vc tudo de bom!!!!!!! abraços!!!!!!!!!!" E vem a resposta, geralmente é scrap automático:" Obrigado a todos que me mandaram os parabéns, é muito bom saber que tanta gente gosta de mim. tudo d bom para vcs!!!!!!!!!!!!!"4° o rapaz que disse ta curtindo, na verdade ta trabalhando,e sem tempo pra nada.Ai pronto, essa é a amizade do futuro!Sabe outra coisa muito peculiar no orkut, é quando acaba namoro. Se o rapaz foi o corno ele bota: " CUrtindo a vida", se ela foi rejeitada bota: " Estou felix demais!!!!!você não sabe o que perdeu!!!" E depois vem as imagens, se for ele, vai botar imagens bebendo com os amigos, indo pra festas, fotos ao lado de uma garota, sem legendas, vale ressaltar. Se for ela, vai botar fotos de viagens, dela dançando com outras pessoas, dela recebendo presentes, enfim a guerra está declarada. Ai cada um tira do seu orkut os rastros e começa a bisbilhotar os recados, as fotos, as frases. E geralmente no "quem sou eu" vem sempre uma resposta, para o "ex" ; ou uma letra de musica, ou um pensamento. Se for letra de musica é alguma com "você passou, agora to em outra, vou sorrir e vencerei." Se for pensamento, na maioria das vezes é o de chaplin, conhecem? Aquele que ele diz já deu valor a quem não prestava e por ai vai.O bom mesmo são as fotos. Tem mulher que bota de biquini, pra mostrar o corpo. Tem homem que ta malhando há duas semanas e ja tá tirando foto sem camisa. Na verdade, quem é malhado, em 90% dos casos só tira foto sem camisa. O cara pensa o que com isso? Que vai arranjar mulher? Que as pessoas vão admirar?E tem pessoas que vão ao restaurante e tiram foto na frente do restaurante, para que todo mundo saiba que ele já jantou lá. E tem gente que tira foto com amigo e bota: " uma pessoa muito especial pra mim, te amo!!!!" Pode observar, todo mundo coloca a mesma frase. E tem quem viaja. Esse é bem especial, tem o pobre que viaja e o rico. Se for pobre tira foto de tudo, do seu pé na calçada de não sei onde, tira foto do hotel que ficou hospedado, tira foto do banco de uma praça fulano de tal. Rico não, tira suas fotos ao lao da familia, suas fotos em alguns locais importantes algumas cenas e só. Nada de extravagância.E tem gente que usa das frases, seu estado de espírito, "hoje não to bem. " " foi maravilhosa a festa". Tem gente que abre comunidade do tipo: " eu amo fulano" só que fulano é ele mesmo e fica fazendo disso pra saber quantos amigos tem de verdade."Entra ai na minha comu, que fizeram pra mim." E os tópico.... Cada um... " O que você mais gosta nele?" "Que mais te marcou com ele?" Uma verdadeira falsidade. Ah e tem gente que tem 900 e tantos amigos, mas na verdade só conviveu alguma vez na vida com uns 300, só conhece no intimo uns 100, e só o consideram amigo uns 50.Por hoje é só, depois escrevo mais sobre as manias que o orkut está lançando. Tem gente pra tudo nesse mundo. Comunidades de professor, comunidades que dizem sobre a pessoa, comunidades e manias. Vem mais por ai aguardem!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

domingo, 12 de outubro de 2008

Entrevista com ninguém - Por Marcello Borba

Entrevista com ninguém:

-Bem, o gravador está ligado, posso começar?
-Pode.
-Como você se sente sendo um total fracassado?
-Me sinto bem, obrigado.
-Como assim?
-Todo mundo sonha em vencer na vida, eu não consegui fazer nada e me orgulho disso. Fiz o que ninguém quer fazer, fracassar. Isso é uma vitória.
-Mas você não tem sonhos, objetivos, vaidade?
-Não! Isso é para tolos. Eu não sonho, meus objetivos são nenhuns e vaidade para mim não é nada. Com diria Mario Quintana: “Quem não sabe aonde quer ir, aonde chegar está bom."
-Então para quer você vive?
-Ora, eu não sei, na verdade sei que não dar para explicar. Espera um pouco. Achei uma teoria. Vivo por viver; muitas, pessoas traçam objetivos na vida: “quero ser professor, médico”, mas se essas pessoas não alcançarem o que querem entram em depressão. Eu não quero nada, tudo o que surge para mim é normal. Vivo, mas nem sei se vivo. O que é viver? Cada um tem seu objetivo, com já disse, eu não tenho objetivos, logo, vivo sem viver.
-Você não fica triste com isso?
-Lógico que não! Se não tenho objetivos não tenho fracassos e logo não fico triste nunca.
-Então, você fica sempre alegre?
-Não! Sou apenas um cara normal, se ganho algo não fico feliz, pois eu não quero nada. Felicidade só existe para quem tem objetivos e os alcança. Eu já disse, não tenho nada, não quero nada e vou morrer com nada. Isso me deixa tranqüilo
- O quê? O fato de morrer com nada?
-Também, mas o principal é que vocês que lutaram para conseguir algo vão morrer sem nada, eu que nada lutei com nada morrerei. Incrível não?
-Triste.
-Está vendo, você luta por algo, por isso fica triste.
-Você trabalha?
-Não.
-Você faz o que da vida?
-Nada.
-Como você vive, ou melhor, não vive?
-Minha mãe está viva, ela cuida de mim. Ela lava as minhas cuecas, bota meu almoço, passa a minha roupa e tudo o mais.
-Você tem namorada? Ama alguém?
-Não. Nem sei o que é o amor. Já li muitos livros, mas não sei o que é. Mas acho que não vou descobrir.
-Cara você é complicado.
-Eu? Como, se eu não quero nada?
-Deixa para lá. Você gosta de ir a algum lugar?
-Eu freqüento muito uma praça que existe perto de casa, é muito bonito lá.
-Então, encontrei algo que você gosta?
-Eu não disse que gostava, disse que freqüentava.
-Você tem amigos?
-Não. Eu conheço algumas pessoas nem sei se são amigos. Pedem-me dinheiro emprestado e não pagam. Isso é amizade, né? Bem, boa pergunta, essa fica sem resposta.
-Você não sonha com nada, não quer nada, vive para nada, o que você acha disso?
-Eu sou um poeta.
-Sabe de uma coisa, gostei de você, acho que você tem razão. A vida é muito chata. O melhor é não viver.
Não viver não envelhece, não dá preocupação, não traz nada e também não leva.
-Viu, eu tenho a razão, academia ai vou eu. Agora sim, você é um ser humano de verdade. Lutamos para um dia não fazer nada, não seria melhor nada fazer a vida toda? É muito mais prático.
-Parabéns! Você é um gênio. Você salvou a minha vida.

sábado, 11 de outubro de 2008

Novo colaborador

Caros amigos,

depois de um bom tempo afastado estou de volta. Desta vez, trazendo para a voces textos de um novo colaborador: MARCELLO BORBA, bacharelando em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE, poeta e, como ninguem e perfeito, alvi-rubro!

Aproveitem, se deliciem com as maravilhas escritas pelo nobre alvi-rubro.
Grande abraço a todos.

ZOODEMOCRACIA - Por Marcello Borba

Acabamos de sair de um processo democrático, o voto. A nossa concepção moderna de sociedade e de política nos entrelaça fortemente com a necessidade de escolha e de sabedoria para analisar o melhor candidato para o futuro do país. Mas como olhar para o futuro se o passado anda esquecido?

Na Grécia antiga, temos uma critica ferrenha de Sócrates a democracia. Na qual ele dizia que, de acordo com a democracia e com o voto da maioria, se a maioria absoluta decidir que um cachorro é um burro, então ele será um burro.

Esta é uma falha grandiosa de nosso processo democrático, se a maioria acha que fulano, vamos chamá-lo de um animal para evitar os futuros processos por calunia e danos morais, é uma lesma, mas na verdade fulano é um burro então prevalece a opinião da maioria.

E pasmem é muito disso que ocorre ainda. Ás vezes vemos um burro mas a união democrática vê nele uma coruja( sabedoria) e então damos todo o poder para que governe nossa cidade, Estado ou nação.

Em contrapartida, num sistema de governo autoritário, não temos a participação popular para votar em nada, nem para dizer se fulano é burro ou não. O que ocorre é que o soberano pelo poder imbuído por Deus, se ele for um Rei absolutista, ele diz quem é ou não o burro na sociedade. Ele pode chegar para você e dizer: ei seu burro vá comer capim.

Sentiram a leve diferença entre votar e não votar? Ainda não?

Se você vota você pode escolher entre burros e lesmas, achando que são corujas e gansos e se você não vota você é sempre o burro.

Estou sendo dramático? Talvez até esteja exagerando, mas este zoológico todo é só para analisar a nossa concepção democrática. Se somos a maioria e se formos esclarecidos, nosso poder soberano muda a história de nossas vidas, mas se formos burros e votarmos em burros só ficaremos dando foices um no outro.

Ei calma ai, não estou dizendo que agora escolhemos burros para nos governar, não. Eu não disse isso. Confesso que já existiram épocas piores, a democracia no Brasil se fortalece a cada dia, o povo se conscientiza de seu papel. Para alguns, ou maioria, democracia é apertar uns números e depois o verde numa maquininha e pronto, só volto aqui daqui a 2 anos. Não pode ser assim, precisamos estar de olho para ver se o nosso animalzinho não está precisando de ajuda, comida, conselhos...

Estar numa democracia é viver democraticamente votando, sendo votado e vigiando, em constante alerta, pois qualquer barulho estranho nós saberemos que compramos gato por lebre.

terça-feira, 15 de julho de 2008

União para o Mediterrâneo aproxima Europa, África e Oriente Médio. Conheça os detalhes desse novo bloco de cooperação estratégica, econômica e cultura

O que é a União para o Mediterrâneo?
Quarenta e três países de três continentes, com uma população total de mais de 750 milhões de habitantes, decidiram criar uma nova base de cooperação. A União para o Mediterrâneo, fundada em Paris em 13 de julho de 2008, partiu de uma iniciativa do presidente francês, Nicolas Sarkozy, posteriormente ampliada para todos as nações da União Européia e não apenas restrita aos países com acesso ao Mar Mediterrâneo.


Bloco não inclui apenas países com acesso ao Mediterrâneo



Metas
A União para o Mediterrâneo dá continuidade à cooperação prevista no chamado Processo de Barcelona, de 1995. Sua principal meta é fomentar a paz, a democracia e o bem-estar na região. Os países-membros buscarão soluções conjuntas para problemas atuais, como a crise dos alimentos, a mudança do clima, o extremismo e o terrorismo.

As quatro prioridades do Processo de Barcelona permanecem: diálogo político, cooperação econômica e livre comércio, diálogo social e cultural. Em 2005, especificaram-se outras áreas de atuação conjunta: migração, integração social, Justiça e segurança.

Participantes
A União inclui os 27 países-membros da União Européia e 17 nações parceiras. Este último grupo é composto por países do norte da África (Argélia, Marrocos, Tunísia, Mauritânia e Egito), países balcânicos (Albânia, Bósnia e Herzegóvina, Croácia e Montenegro), pelo Oriente Médio (Jordânia, Síria, Líbano, Israel, territórios palestinos), além da Turquia e de Mônaco.
Estrutura política.
Enquanto o processo de Barcelona era coordenado pela Comissão Européia, a União para o Mediterrâneo deverá ser integrada a níveis governamentais mais altos. Países pertencentes e não pertencentes à União Européia, que do ponto de vista financeiro representam respectivamente doadores e beneficiários, deverão participar de forma igualitária dos projetos.
Isso é assegurado por uma co-presidência, a ser assumida por um representante de cada parte, por uma administração dupla e comissões de coordenação conjuntas.

Uma cúpula dos chefes de Estado e de governo da União para o Mediterrâneo deverá ser realizada a cada dois anos. Os ministros do Exterior se reúnem anualmente.

Financiamento
Desde 1995, a União Européia liberou 16 bilhões de euros para a região. As fontes de financiamento atuais serão mantidas. Além disso, o financiamento da União para o Mediterrâneo deverá partir de países-membros isolados, investidores particulares e instituições financeiras internacionais.

Projetos:
Despoluição do Mar Mediterrâneo
Até 2020, o Mar Mediterrâneo deverá ser despoluído. As principais medidas nesse sentido são melhorias no tratamento de esgoto e na eliminação de lixo.
Ampliação da rede de transportes
As metas são melhorar as ligações entre os portos em todo o Mar Mediterrâneo, modernizar as estradas ao longo do litoral e ampliar a malha ferroviária. Outro objetivo explícito é o de "modernizar as ligações ferroviárias no norte da África", atualmente interrompidas, pois o trânsito entre Marrocos e Argélia está praticamente interditado.

Prevenção de catástrofes.
Um programa comum deverá ajudar a prevenir catástrofes e viabilizar reações rápidas em caso de emergência. Essa é citada como "uma das principais metas para a região".

Aproveitamento de energia solar
Diante das vantagens climáticas da região mediterrânea, a União quer sondar a viabilidade de um plano comum de energia solar.

Educação e pesquisa
A Universidade Euro-Mediterrânea, recém-fundada na Eslovênia, deverá desenvolver programas de pesquisa em cooperação com escolas superiores de toda a região. A meta é criar um "espaço euro-mediterrâneo de pesquisa e formação universitária".

Incentivo econômico
Planeja-se a criação de uma iniciativa mediterrânea para o desenvolvimento econômico, a beneficiar sobretudo pequenas e médias empresas. O esboço desse projeto ainda é vago.

domingo, 13 de julho de 2008

Dicas de filmes para as férias!

Olá Caros amigos!

estou de volta, depois de um longo período ausente. Nestes 15 dias de férias (quer dizer quase férias, pois continuo trabalhando....vida de SOFRESSOR!) tenho assisitido a alguns filmes muito interessantes (pelo menos eu achei!!!), mas tenho certeza de que todos também vão apreciá-los.

Ontem, 12/07/2008, assisti a um show de interpretação de FOREST WHITAKER, no papel do "AÇOGUEIRO DE KAMPALA", como era conhecido o ditador de Uganda (1971 a 1979), IDI AMIN DADA, no maravilhoso " O ULTIMO REI DA ESCÓCIA".
IDI AMIM DADA, capa da revista norte-americana TIME.
O filme retrata, a partir dos relatos de um jovem médico escocês que cuidou de AMIM DADA, a atrocidades e extravagâncias daquele que foi considerado como um dos mais sanguinários ditadores da história mundial.

Forest Whitaker, no papel de AMIN DADA

Para quem curte a sétima arte e está interessado em aprender um pouco mais sobre história, política e geografia segue, abaixo, uma lista com filmes (alguns baseados em fatos reais) interessantes que nos fazem refletir um pouco sobre a condição humana.

- ELIZABETH, A ERA DOURADA (retrata a Inglaterra do século XVI durante o reinado de Elisabeth, a rainha virgem);

- O SOBREVIVENTE (conta a história de um piloto norte-americano feito prisioneiro no Laos, durante a guerra do Vietnã);

- O REINO (caçada a um grupo de terroristas que explodem um condiminio norte-americano em Rhiad, Arábia Saudita- ESPETACULAR!!!!!);

- O SUSPEITO (retrata a política de segurança norte-americana após os atentados de 11 de setembro de 2001, em especial em relação aos cidadãos MUÇULMANOS);

- DIAMANTE DE SANGUE (exploração de diamantes na África e os conflitos étnicos naquele continente);

- O ÚLTIMO REI DA ESCÓCIA.

Bem, acho que a lista está completa. Se alguém tiver outras indicações, por favor, fique à vontade para enviar seus comentários e sugestões.

A todos um forte abraço e boas férias!

domingo, 25 de maio de 2008

DE QUEM É A AMAZONIA, AFINAL?

Editorial publicado no “The New York Times - NYT”, em 18 de maio de 2008, relata que a preservação da Amazônia envolve uma disputa internacional. “De quem é esta Floresta Amazônica, afinal?”, pergunta a reportagem do correspondente do jornal no Rio, Alexei Barrionuevo . O “NYT” afirma que “um coro de líderes internacionais declara mais abertamente a Amazônia como parte de um patrimônio maior do que apenas das nações que dividem seu território”.

O jornal lembra que o ex-vice-presidente americano Al Gore, em 1989, disse que, “ao contrário do que os brasileiros acreditam, a Amazônia não é propriedade deles, pertence a todos nós”. “Esses comentários não são bem-aceitos no Brasil e reacenderam velhas atitudes de protecionismo territorial e observação de invasores estrangeiros escondidos”, diz o jornal. O “NYT” afirma que o governo Lula tenta aprovar lei para restringir o acesso à floresta, exigindo licenças para estrangeiros e brasileiros. Para declarar “a Amazônia é nossa” e defender a soberania, ele escalou Romeu Tuma Jr. E fechou seu texto acusando o temor brasileiro de “paranóico .

Leia a reportagem completa em http://www.nytimes.com/2008/05/18/weekinreview/18barrionuevo.html?_r=1&scp=3&sq=amazon&st=nyt&oref=slogin

sábado, 10 de maio de 2008

Rússia exibe mísseis nucleares na Praça Vermelha.

Parece que os velhos tempos estão de volta. Ontem, 10/05/2008, o governo de russo de Dmitry Medvedev, novo presidente russo (pau-mandado de PUTIN!), deu uma pequena demonstração de força ao mundo e sobretudo aos E.U.A, exibindo, como nos tempos da URSS seus tanques, mísseis nucleares e "exército vermelho", em ocasião aos 63 anos da rendição nazistas na 2ª Guerra Mundial.

O presidente da Rússia, Dmitry Medvedev, e o ex-presidente, Vladimir Putin, conversam depois da cerimônia de posse em Moscou, em 7 de maio de 2008. Foto: Pool


No total 8.000 homens desfilaram, acompanhados por aviões de guerra e armamentos, incluindos mísseis balísticos Topol-M e tanques T-90. Foi a primeira exibição deste armamento pesado na Praça Vermelha nos últimos 18 anos, lembrando assim a antiga grandiosidade dos desfiles militares da extinta era soviética.

Medvedev, Em um aparente ataque à política externa americana e ao apoio dos países ocidentais à independência do Kosovo, também criticou as "intenções de cometer interferências nos assuntos de outros Estados e, especialmente, o realinhamento de fronteiras".

A celebração militar aconteceu após a denúncia de Washington, na quinta-feira, da expulsão de dois de seus diplomatas por Moscou, depois que as autoridades americanas retiraram do país um espião russo. Estados Unidos e Rússia mantêm um clima de tensão especialmente alto em relação à Geórgia, república caucásica pró-ocidental cuja aspiração de entrar na Otan é apoiada pelo governo de Washington.

Alheias a toda a tensão, as ruas de Moscou exibiam nesta sexta-feira uma atmosfera festiva, com a presença de veteranos de guerra com suas velhas medalhas e de jovens soldados vestidos com uniformes e capacetes da Segunda Guerra Mundial e armados de velhos rifles.

A celebração do 9 de maio lembra o drama da Segunda Guerra Mundial na qual morreram milhões de soviéticos antes da expulsão dos nazistas. A guerra na Europa terminou oficialmente no dia 8 de maio, às 23h00, hora alemã. Mas pela diferença de horário já era 9 de maio em território russo.

quinta-feira, 8 de maio de 2008

O Estado de Israel comemora 60 anos de existência em 2008.

Até o fim do regime nazista na Alemanha, em 1945, haviam sido assassinados na Europa cerca de 6 milhões de judeus. Sob o impacto do Holocausto, as Nações Unidas aprovaram em 1947 a criação de um Estado judaico.

No dia 14 de maio de 1948, em Tel Aviv, o primeiro-ministro David Ben-Gurion proclamou o Estado de Israel. Pouco depois, países árabes vizinhos atacaram a nação recém-criada. Até hoje, Israel e muitos de seus vizinhos não se entendem.

Mesmo assim, Israel é um modelo de sucesso. Com uma população composta por pessoas de diferentes proveniências e uma cultura viva, o país de mais de 7 milhões de habitantes é também pólo de alta tecnologia.
Saiba mais sobre o Estado Judeu no site da DEUSTCHE WELLE

domingo, 4 de maio de 2008

Vestibular x Processo de Escolha: o trabalho da Orientação Profissional

As inscrições para o vestibular estão chegando e tomar uma decisão não é uma tarefa tão fácil, principalmente quando se trata de fazer uma escolha profissional. Tanto na adolescência quanto na vida adulta a escolha profissional é um momento decisivo, é natural nesse processo surgirem sentimentos marcados por medos, inseguranças e incertezas, pois escolher uma profissão vem a significar dar inicio a um projeto de vida. Projeto esse que poderá trazer grandes satisfações ou insatisfações, caso haja uma escolha inadequada.

São inúmeros fatores que pode influenciar nesse momento, entre eles uns dos mais significativos são a família, os amigos e as inúmeras possibilidades de profissões existentes no mercado de trabalho. Assim a escolha profissional tem que está relacionada ao perfil pessoal de cada um, fazendo parte de sua própria identidade.

Uma das possibilidades que pode auxiliar o adolescente/jovem nesse processo é o trabalho de Orientação Profissional, cujo objetivo está vinculado a assistência com segurança e precisão, de uma profissão ideal com seu perfil.

Orientação Profissional
- O que é?
É o processo que facilita, ao adolescente/jovem, o acesso à escolha profissional promovido através de intervenções, que possibilitam a dissolução das dificuldades enfrentadas ao encarar o momento da tomada de decisão quanto à escolha profissional.
- A que se propõe?
Oferecer maiores informações sobre as diversas profissões e suas relevâncias, as universidades e o mercado de trabalho.
- A quem se destina?
Este trabalho está direcionado a todo aquele, principalmente aos adolescente/jovem, que deseja ingressar no mercado de trabalho, seja ele por um curso universitário ou tecnológico.

por Jeane Tonéo
Psicóloga

sábado, 26 de abril de 2008

Brasil terá apenas três FUSOS HORÁRIOS.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou nessa quinta-feira (24), sem vetos, o projeto de lei que altera o fuso horário no país. Com as mudanças, o Acre e parte do Amazonas, que tem duas horas de atraso em relação ao Distrito Federal, passarão a ter uma hora de diferença, e todo o Pará terá horário igual ao da capital federal. A lei entra em vigor em 60 dias.

Mapa atual


Mapa após a entrade em vigor da Lei.

Brasil terá apenas três FUSOS HORÁRIOS.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou nessa quinta-feira (24), sem vetos, o projeto de lei que altera o fuso horário no país. Com as mudanças, o Acre e parte do Amazonas, que tem duas horas de atraso em relação ao Distrito Federal, passarão a ter uma hora de diferença, e todo o Pará terá horário igual ao da capital federal. A lei entra em vigor em 60 dias.

Veja no abaixo o mapa dos fusos horários no Brasil, sem a alteração oficial.

domingo, 20 de abril de 2008

Caricaturas By Pedro Cézar e Daniele Rosa.

Eu na visão dos criativos, alunos do Souza Leão de Olinda, PEDRO "BISCOITO" e DANNY ROSA! Valeu galera, fiquei muito bonito mesmo.

Ah! olha a quantidade de apelidos que recebo dessas almas de gato....e o salário oh!


domingo, 13 de abril de 2008

SCORPIONS, 07/SET/2008... eu vou!!!

PessoALL,
agora é oficial: SCORPIONS dia 07/setembro/2008, no CHEVROLET HALL (Recife-PE). Simplesmente imperdível!

hier gehen wir!

DICA DE LEITURA: A CONQUISTA DO EVEREST.

PessoALL,

gostaria de indicar uma boa leitura a todos vocês: "EVEREST, O DIÁRIO DE UMA VITÓRIA" de WALDEMAR NICLEVICZ, o primeiro alpinista brasileiro a escalar a maior montanha do mundo CHOMOLUNGMA, em 14 de maio de 2005!

Waldemar Niclevicz no alto do Everest (8.848m), no dia 14 de maio de 1995. Foto de Mozart Catão.

O autor traça uma análise histórico geográfica do NEPAL e do TIBET,bem como de toda a trajetória que o leva ao topo do mundo. Vale a pena conferir.

Saiba mais em www.NICLEVICZ.com.br

Grande abraço a todos.

Cientista da Ufal diz que o homem não muda o clima e que o Protocolo de Kyoto é ridículo

O cientista Luiz Carlos Baldicero Molion, diretor do Instituto de Ciências Atmosféricas da Universidade Federal de Alagoas, sabe que sua posição está na contramão dos debates sobre clima global. Mas reage citando argumentos e disposição para o debate. Ele é membro do Grupo Gestor da Comissão de Climatologia da Organização Metereológica Mundial, como representante da América do Sul. Graduado em Física pela USP, doutor em Metereologia e Proteção Ambiental pela Universidade de Wisconsin, EUA. Nesta entrevista, Molion afirma que não é o homem que muda o clima (seja para aquecer ou esfriar), diz que o CO² não pode ser visto como venenoso e ainda classifica o Protocolo de Kyoto como ridículo.
Leia a entrevista completa em: http://jc.uol.com.br/blogs/blogdejamildo/2008/04/13/index.php#17251

quinta-feira, 3 de abril de 2008

EM ATUALIZAÇÃO!

PessoALL,
devido a problemas técnicos, estou tentando atualizar o blog. Em breve, volto com muitas notícias e dicas.

abraço.

A VIDA É MARAVILHOSA!

domingo, 16 de março de 2008

Boas maneiras.

Caros amigos,

tenho me perguntado porque é cada vez mais difícil encontrar jovens que sejam pessoas educadas e gentis. Será que a boa educação, a gentileza e a cordialidade estão mesmo fora de moda? As pessoas, hoje em dia, parecem desconhecer as palavras POR FAVOR, OBRIGADO, BOM DIA, BOA TARDE, BOA NOITE, DESCULPA...ou gestos simples como o de bater à porta antes de entrar!

"Navegando" na web encontrei esse link http://www.clicfilhos.com.br/site/display_materia.jsp?titulo=Aula+de+boas+maneiras que trata sobre o tema. Então, boa leitura.

Ainda bem que meus pais me ensinaram esse tipo de coisa. Mas, não posso me esquecer de agradecer à Profa. Ivonete Ferreira Lins, do Colégio Cenecista de Palmares, com suas aulas de etiqueta e boas maneiras, durante os horários vagos. Saudades daqueles tempos!

Boa noite a todos e uma ótima semana!

terça-feira, 11 de março de 2008

IMAGEM DO DIA!

Caros amigos, eis a prova do AQUECIMENTO GLOBAL!

sábado, 8 de março de 2008

Conhecendo o sistema de ensino na Alemanha.

Caros amigos,

como parte do meu curso de alemão pela DEUSTCH WELLE (Deustch... warum nicht?) estou conhecendo um pouco mais sobre esse fantástico país, que é a Alemanha. "Navegando" pelo webiste da DW, encontrei um artigo muito esclarecedor. Vale a pena conferir clicando em

http://www.dw-world.de/dw/article/0,2144,1015639,00.html

Auf Wiedersehen!

domingo, 2 de março de 2008

sábado, 1 de março de 2008

Príncipe volta à Grã-Bretanha após dez semanas no Afeganistão.

O príncipe Harry, terceiro na linha de sucessão ao torno britânico, desembarcou na manhã deste sábado na Grã-Bretanha após dez semanas participando de uma missão militar no Afeganistão.

Se fosse no Brasil, você acha que o Presidente Lula enviaria seu filho? Eu tenho lá minhas dúvidas.

sábado, 23 de fevereiro de 2008

Cartão Corporativo: seus problemas acabaram!

Na festança (ou gastança!) do dinheiro público, com os cartões corporativos, decidi pedir um pra mim também. A exemplo do oficial é grátis, então, não demore, peça logo o seu! (link abaixo)


Ah! o limite é asseguarado pelo Palácio do Planalto, mas o Presidente não sabe de nada hein!

Ventos da mudança!

Há exatos 19 anos o mundo assistia a algo que mudaria o rumo de muitas vidas, de forma quase que instantânea, em todas as partes do mundo. A queda do muro de Berlim!

A queda do muro da vergonha. Berlim - 1989.
Esta semana que passou o mundo assistiu, mais uma vez, a mudanças em duas regiões bem distintas, mas que guardam um pouco das consequências da separação das duas Alemanhas e mais tarde a ruptura da URSS (1991).

No domingo, a província Sérvia do Kosovo, decretou sua autonomia, mesmo depois de muitas ameaças da própria Sérvia e da Rússia do (ew-agente da KGB) presidente Wladimir Putin. Na segunda-feira, o mundo inesperadamente recebe, com alegria, a notícia de que o mais antigo ditador do século XX, Fidel Castro, renunciava ao cargo de "Presidente" e "Comandante" da ilha de Cuba.

Vitina, Kosovo Janeiro, 2008.

Os E.UA e a União Européia se apressaram em reconhecer a INDEPENDÊNCIA do Kosovo e a dialogar com o novo líder cubano, que será conhecido amanhã (domingo 24/02/2008). No primeiro caso, os dois sofreram "retaliações" de Putin, que "alertou" sobre a possbilidades de novos conflitos na região dos Balcãs. No segundo caso, os dois se apressaram para ver quem "aboncanha" primeiro a fatia do comércio (e influência) na ilha de "El Comandante"!.

Nos próximos dias assistiremos, ainda, há muito mais notícias sobre as duas regiões, tomara que boas notícias, pois eu acho que "o vento da transformação" que "varreu" o leste europeu nos anos 90 está soprando de novo.

Viva la revolucion! Adios, Castro!

"El Comandante"

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Via Láctea pode conter 'centenas de planetas' propícios à vida

Planetas rochosos e provavelmente com condições adequadas para o surgimento de vida são mais comuns em nossa galáxia do que se crê atualmente, afirmaram pesquisadores americanos durante um congresso científico nos Estados Unidos.

Saiba mais: http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2008/02/080218_planetasvida_pu.shtml

sábado, 16 de fevereiro de 2008

'Domingo será um grande dia', anuncia líder do Kosovo

O primeiro-ministro do Kosovo, Hashim Thaci, reforçou as expectativas sobre a independência da província sérvia e afirmou neste sábado (16/02/2008) que a vontade dos cidadãos será implementada e que domingo "será um grande dia".

mapa do Kosovo.

Saiba mais sobre a situação do KOSOVO em: http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2008/02/080215_kosovoqandafn.shtml

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

Boas vindas!

Caros alunos,

gostaria de desejar a todos um bom retorno às aulas, no ano letivo de 2008. Não se esqueçam de que temos uma longa jornada pela frente com muitos obstáculos e desafios. Mas, o melhor de tudo é poder rever os amigos e nos divertimos juntos!

Conto com a colaboração de todos no sentido de fazer do blog do Prof. Gustavo um espaço democrático, de respeito, alegria e muita descontração. Enviem suas fotos, críticas, sugestões, dicas culturais etc etc (gmborgers@yahoo.com.br).

Sejam bem vindos. Grande abraço.

A VIDA É MARAVILHOSA!

domingo, 27 de janeiro de 2008

O Rio São Francisco pede socorro!!!

Caros amigos,
recebi as fotos, abaixo, enviadas por e-mail. Elas retratam a lamentável situação do Velho Chico em seu baixo curso, entre o estados de AL e SE. Viva a transposição do COMPANHEIRO LULA!!!!



sexta-feira, 25 de janeiro de 2008

Acordo livra ex-secretário do PT do processo do mensalão

Esse é tipo de coisa que só acontece no Brasil...porque será???

Acordo livra ex-secretário do PT do processo do mensalão

O ex-secretário-geral do PT, Silvio Pereira, deixou de ser réu no processo do mensalão ao fazer um acordo com a Procuradoria-Geral da República (PGR) para prestar serviços comunitários.

Com o acordo, Pereira terá que fazer uma carga horária equivalente a três anos de serviço comunitário e se apresentar mensalmente perante um juiz.

"Fiz 24 anos de trabalho voluntário. Não vai ser agora que isso vai me afetar", disse um sorridente Pereira a jornalistas na saída da 2a Vara Criminal Federal.

Ao longo dos três anos da pena, Silvio Pereira não poderá exercer cargo público nem concursado. O processo fica suspenso por três anos e só ao final ele deixa definitivamente de ser réu. Durante a pena, ele pode voltar a ser réu, por exemplo, se deixar de se apresentar ao juiz.

Silvio Pereira disse que gostaria de se dedicar à gastronomia durante o tempo de trabalho fixado pela Justiça, mas a atividade que terá que cumprir ainda não foi definida.

"Agora eu espero que vocês me deixem em paz um pouco porque eu já sou notícia velha", completou Pereira que evitou falar sobre a acusação de receber um carro Land Rover de uma empresa que prestava serviços à Petrobras, caso que não consta do processo do mensalão.

Perguntado se teria interesse de voltar ao PT, respondeu: "Não tenho nenhum entusiasmo para voltar a participar da vida partidária hoje."

A primeira proposta da PGR foi de quatro anos de serviço comunitário, segundo Silvio, que fez uma contraproposta e fechou a pena em três anos.

Silvio Pereira já não precisou depor no processo do mensalão, nesta quinta-feira, na 2a Vara Criminal, por conta da proposta de suspensão do processo contra ele no Supremo Tribunal Federal feita pelo procurador-geral da República, Antonio Fernando Souza.

SÃO PAULO (Reuters) 25/01/2008.

A PRÓXIMA GUERRA.

Caros leitores,
o texto a seguir é uma colaboração do Prof. Mário Mélo, Geógrafo e Licenciado pela UFPE. O texto é a reprodução de um e-mail recebido pelo ilustre professor.
Abraços a todos.
A PRÓXIMA GUERRA
Segue abaixo o relato de uma pessoa conhecida e séria, que passou recentemente em um concurso público federal e foi trabalhar em Roraima. Trata-se de um Brasil que a gente não conhece.
"As duas semanas em Manaus foram interessantes paraconhecer um Brasil um pouco diferente, mas chegando em Boa Vista (RR) não pude resistir a fazer um relato dascoisas que tenho visto e escutado por aqui.
Conversei com algumas pessoas nesses três dias, desde engenheiros até pessoas com um mínimo de instrução.
Para começar o mais difícil de encontrar por aqui é roraimense, pra falar a verdade, acho que a proporção é de um roraimense para cada 10 pessoas é bem razoável, tem gaúcho, carioca, cearense, amazonense,piauiense, maranhense e por aí vai. Portanto falta uma identidade com a terra. Aqui não existem muitos meiosde sobrevivência, ou a pessoa é funcionária pública, e aqui quase todo mundo é, pois em Boa Vista se concentram todos os órgãos federais e estaduais de Roraima, além da prefeitura é claro. Se não for funcionário público a pessoa trabalha no comércio local ou recebe ajuda de Programas do governo. Não existe indústria de qualquer tipo. Pouco mais de 70%do Território roraimense é demarcado como reserva indígena, portanto restam apenas 30%, descontando-seos rios e as terras improdutivas que são muitas, parase cultivar a terra ou para a localização das próprias cidades. (Na única rodovia que existe em direção ao Brasil (liga Boa Vista a Manaus, cerca de 800 km) existe um trecho de aproximadamente 200 km reservaindígena Waimiri Atroari) por onde você só passa entre6:00 da manhã e 6:00 da tarde, nas outras 12 horas arodovia é fechada pelos índios (com autorização da FUNAI e dos americanos) para que os mesmos não sejam incomodados.
Detalhe: Você não passa se for brasileiro, o acesso é livre aos americanos, europeus e japoneses. Desses 70% de território indígena, diria que em 90% dele ninguém entra sem uma grande burocracia e autorização da FUNAI.
Detalhe: Americanos entram na hora que quiserem, se você não tem uma autorização da FUNAI mas tem dos americanos então você pode entrar. A maioria dos índios fala a língua nativa além do inglês ou francês, mas a maioria não sabe falar português. Dizem que é comum na entrada de algumas reservas encontrarem-se hasteadas bandeiras americanas ou inglesas. É comum se encontrar por aqui americano tipo nerds com cara de quem não quer nada, que veio caçar borboleta e joaninha e catalogá-las, mas no final das contas pasme, se você quiser montar um empresa para exportar plantas e frutas típicas como cupuaçu, açaí camu-camuetc., medicinais, ou componentes naturais para fabricação de remédios, pode se preparar para pagar 'royalties' para empresas japonesas e americanas que já patentearam a maioria dos produtos típicos da Amazônia...
Por três vezes repeti a seguinte frase após ouvir tais relatos: E os americanos vão acabar tomando a Amazônia e em todas elas ouvi a mesma resposta em palavras diferentes. Vou reproduzir a resposta de uma senhora simples que vendia suco e água na rodovia próximo de Mucajaí:
'Irão não minha filha, tu não sabe, mas tudo aqui já é deles, eles comandam tudo, você não entra em lugar nenhum porque eles não deixam. Quando acabar essa guerra aí eles virão pra cá, e vão fazer o que fizeram no Iraque quando determinaram uma faixa para os curdos onde iraquiano não entra, aqui vai ser a mesma coisa'.
A dona é bem informada não? O pior é que segundo a ONUo conceito de nação é um conceito de soberania e as áreas demarcadas têm o nome de nação indígena. O que pode levar os americanos a alegarem que estarão libertando os povos indígenas. Fiquei sabendo que osamericanos já estão construindo uma grande base militar na Colômbia, bem próximo da fronteira com o Brasil numa parceria com o governo colombiano com opseudo objetivos de combater o narcotráfico. Por falarem narcotráfico, aqui é rota de distribuição, poisessa mãe chamada Brasil mantém suas fronteiras abertase aqui tem Estrada para as Guianas e Venezuela. Nenhuma bagagem de estrangeiro é fiscalizada, principalmente se for americano, europeu ou japonês, (isso pode causar um incidente diplomático)... Dizem que tem muito colombiano traficante virando venezuelano, pois na Venezuela é muito fácil comprar acidadania venezuelana por cerca de 200 dólares.
Pergunto inocentemente às pessoas; porque os americanos querem tanto proteger os índios. A resposta é absolutamente a mesma, porque as terras indígenas além das riquezas animais e vegetais, da abundância de água são extremamente ricas em ouro (encontram-sepepitas que chegam a ser pesadas em quilos), diamante,outras pedras preciosas, minério e nas reservas norte de Roraima e Amazonas, ricas em PETRÓLEO.
Parece que as pessoas contam essas coisas como que num grito de socorro a alguém que é do sul, como se eu pudesse dizer isso ao presidente ou a algumaa utoridade do sul que vá fazer alguma coisa. É pessoal, saio daqui com a quase certeza de que em breve o Brasil irá diminuir de tamanho. Um grande abraço a todos. Será que podemos fazer alguma coisa???
Acho que sim.
Repasse esse e-mail para que um maior número debrasileiros fique sabendo desses absurdos.
Opinião pessoal: Gostaria que você, especialmente que recebeu estee-mail, o repasse para o maior número possível depessoas. Do meu ponto de vista seria interessante queo país inteiro ficasse sabendo desta situação atravésdos telejornais antes que isso venha a acontecer.
Afinal foi um momento de fraqueza dos Estados Unidos que os europeus lançaram o Euro, assim poderá se aproveitar esta situação de fraqueza norte-americana (perdas na guerra do Iraque) para revelar isto ao mundo a fim de antecipar a próxima guerra.
Conto com sua participação, no envio deste e-mail."
TEXTO DE:
Mara Silvia Alexandre Costa
Depto de Biologia Cel. Mol. Bioag. Patog.
FMRP - USP

quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

O QUE É FALTA DE EDUCAÇÃO PARA VOCÊ?

Certamente você já deve ter ficado indignado com aquela pessoa que, na maior cara-de-pau, fura a fila no cinema, no show, ou com aquele “cidadão” que estaciona seu carro ocupando duas ou mais vagas ao mesmo tempo, ou com aquele seu amigo que adora jogar lixo no chão!

Tem sido cada vez mais freqüente, quando saio de casa, ficar aborrecido com esse tipo de comportamento grosseiro, que é a falta de educação das pessoas.

Tenho procurado, desde quando iniciei minha carreira docente, ensinar o básico da educação doméstica para meus alunos, quer seja ele do ensino médio, pré-vestibular etc. Procuro alertar aos meus pupilos que a falta de educação não é coisa de pobre ou de quem não foi à escola, pois isso é algo se aprende, antes de mais nada, em casa, no convívio com a família. Mas, talvez aí esteja o grande problema da nossa sociedade moderna: a fragmentação da família!

Vejo na fragmentação da família e, consequentemente, na falta de educação doméstica, a origem para muitas das mazelas da nossa sociedade, tais como a corrupção, a violência contra a mulher, o famoso jeitinho brasileiro (que odeio!!!), a violência entre outros.

Infelizmente, não seremos os responsáveis pela reestruturação das famílias brasileiras, mas podemos contribuir para isso ensinando (a partir do que aprendemos em casa, com nossos pais! Graças a Deus!) o mínimo necessário para o convívio salutar em sociedade, respeitando os direitos e deveres das pessoas.

Sei que às vezes também cometo (ou cometemos) este tipo de “delito”, e que é bem mais fácil enxergar o erro dos outros, mas buscamos sempre nos policiar para evitar tal despautério. De qualquer forma a pergunta está lançada: O QUE É FALTA DE EDUCAÇÃO PARA VOCÊ em relação ao convívio da sociedade (em qualquer lugar: no cinema, na praça, no restaurante, etc)?

terça-feira, 22 de janeiro de 2008

Mortalidade infantil cai pela metade no Brasil.

O Brasil conseguiu reduzir quase pela metade a taxa de mortalidade infantil entre 1990 e 2006, de 46,9 por mil para 24,9 por mil nascidos vivos, mas continuam muito grandes as disparidades entre as diversas regiões do país e entre diferentes grupos étnicos e raciais.

Os dados são do relatório Situação Mundial da Infância 2008 – Sobrevivência Infantil, divulgado nesta terça-feira pelo Unicef, agência das Nações Unidas para a infância, e referem-se a mortes de crianças com menos de um ano.

“O Brasil avançou mais do que a média mundial, o grande problema é a disparidade tanto entre as diferentes regiões como grupos étnicos”, afirmou a representante do Unicef no Brasil, Marie-Pierre Poirier. “O Brasil está no caminho certo, mas não saiu do túnel ainda”, disse ela.

É importante lembrar que 24,9 por mil é taxa de mortalidade infantil para o Brasil. No Nordeste a situação é ainda mais complicada, uma vez que a cada grupo de mil crianças nascidas vivas morrem aproximadamente 37 antes de completar um ano de idade!

sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

"A VERDADEIRA DÍVIDA EXTERNA."

Caros amigos,

o texto, abaixo, enviado pelo amigo DAVID ROBERTO BANDEIRA da SILVA (Bacharel em Administração e Especialista em Marketing, pela Universidade Federal de Alagoas - UFAL), nos leva a uma prfofunda reflexão a cerca das relações históricas e econômicas entre os europeus (colonizadores) e nós, americanos (colonizados). Será que nós, realmente, devemos algo a esse povo?

Boa leitura!

"A verdadeira dívida externa."

Eu, Guaicaipuro Cautémoc, descendente dos que povoaram a América há 40 mil anos, vim aqui encontrar os que nos encontraram há apenas 500 anos. O irmão advogado europeu me explica que aqui toda dívida deve ser paga, ainda que para isso se tenha que vender seres humanos oupaíses inteiros.

Pois bem! Eu também tenho dívidas a cobrar. Consta no arquivo das índias ocidentais que entre os anos de 1503 e 1660, chegaram à Europa 185 mil quilos de ouro e 16 milhões de quilos de prata vindos da minha terra!... Teria sido um saque? Não acredito. Seria pensar que os irmãos cristãos faltaram a seu sétimo mandamento.

Genocídio?... Não. Eu jamais pensaria que os europeus, como Caim, matam e negam o sangue de seu irmão. Espoliação?... Seria o mesmo que dizer que o capitalismo deslanchou graças à inundação da Europa pelos metais preciosos arrancados de minha terra!
Vamos considerar que esse ouro e essa prata foram o primeiro de muitos empréstimos amigáveis que fizemos à Europa. Achar que não foi isso seria presumir a existência de crimes de guerra, o que me daria o direito de exigir a devolução dos metais e a cobrar indenização por danos e perdas.

Prefiro crer que nós, índios, fizemos um empréstimo a vocês, europeus.
Ao comemorar o quinto centenário desse empréstimo, nos perguntamos se vocês usaram racional e responsavelmente os fundos que lhes adiantamos.

Lamentamos dizer que não!

Vocês dilapidaram esse dinheiro em armadas invencíveis, terceiros reichs e outras formas de extermínio mútuo e acabaram ocupados pelas tropas da OTAN.

Vocês foram incapazes de acabar com o capital e deixar de depender das matérias primas e da energia barata que arrancam do terceiro mundo.

Esse quadro deplorável corrobora a afirmação de Milton Friedmann, segundo a qual uma economia não pode depender de subsídios.

Por isso, meus senhores da Europa, eu, Guaicaipuro Cautémoc, me sinto obrigado a cobrar o empréstimo que tão generosamente lhes concedemos há 500 anos. E os juros.

É para seu próprio bem. Não, não vamos cobrar de vocês as taxas de 20 a 30 por cento de juros que vocês impõem ao terceiro mundo.
Queremos apenas a devolução dos metais preciosos, mais 10 por cento sobre 500 anos. Lamento dizer, mas a dívida européia para conosco, índios, pesa mais que o planeta terra!... E vejam que calculamos isso em ouro e prata. Não consideramos o sangue derramado de nossos ancestrais!
Sei que vocês não têm esse dinheiro, porque não souberam gerar riquezas com nosso generoso empréstimo.
Mas há sempre uma saída: entreguem-nos a Europa inteira, como primeira prestação de sua dívida histórica.

Discurso "A verdadeira dívida externa" do cacique Guaicaipuro Cautémoc numa reunião com chefes de estado da Comunidade Européia, em
2002.

terça-feira, 15 de janeiro de 2008

Saiu o listão da COVEST!

Parabéns a todos os feras aprovados no listão da COVEST. Agora é só aproveitar, descansar e separar toda documentação necessária para realização da matrícula. Atenção: fiquem de olho no prazo!

Aos que não foram aprovados não desanimem! A perseverança é uma qualidade dos vitoriosos! Força, sempre em frente!

Gostaria de expressar, em especial, minha felicidade pela aprovação do fera MARCELLO BORGES, aprovado em DIREITO (UFPE). Parabéns, nobre RUBRO-NEGRO!!!!

Sucesso a todos.

sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

Morre na Nova Zelândia o 1º homem no topo do Everest.

Morreu, hoje, em Auckland na Nova Zelândia, Sir Edmund Hillary o primeiro homem a chegar ao topo do Monte Everest.

Sir Edmund Hillary, 1953.

Sir Hillary escalou o monte Everest, maior montanha da superfície terrestre( 8.850 metros de altitude), em 29 de maio de 1953 acompanhado do sherpa Tenzing Norgay. Depois da conquista, o aventureiro liderou várias expedições para o Pólo Sul e dedicou sua vida à ajuda dos sherpas da região Khumbu, do Nepal, angariando fundos para a construção de escolas, hospitais e pontes.

Em 1999, a notícia da descoberta do corpo do alpinista britânico George Mallory na região, reavivou especulações de que Hillary pode não ter sido o primeiro a escalar o Everest.

Sir Edmund Hillary tinha 88 anos de idade.
Para saber mais sobre o monte Everest, acesse o site do alpinista brasileiro Waldemar Niclevicz:


segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

73 anos do REI!

Hoje, 08/01/2008, o mundo celebra os anos 73 anos de idade daquele que é considerado o REI do Rock and Roll: ELVIS A. PRESLEY. Para vocês, súditos, um pouco do REI.

No exército, 1959. Servindo em uma base norte-americana na Alemanha ELVIS conhece PRISCILA ANNA BEAULIEU, sua futura esposa.

Priscila e ELVIS, 1967, capela do Alladin Hotel, em Las Vegas - 01/05/1967.

Lisa Marie.

No cinema, mais de 30 filmes! Foto do filme "BLUE HAWAY" ou " FEITIÇO HAVAINO" (1961).

A volta aos palcos. Pioneiro em tudo, ELVIS foi o precursor dos shows ACÚSTICOS. Na foto acima, o especial gravado para a rede de TV NBC, 1968...

... certa vez, ele disse ao seu cabelereiro, Larry Geller: "Faça o que você achar necessário!" Resultado: o topete mais famoso do mundo (foto acima).

1º show de música trasmitido, ao vivo, VIA SATÉLITE. "ALOHA FROM HAWAY", de 1973. Sempre à frente!

Preocupado com a juventude norte-americana, megulhada em drogas, ELVIS solicita uma visita ao Presidente Richard Nixon, em dezembro 1970, e recebe deste um distintivo do DEPARTAMENTO FEDERAL ANTI-DROGAS. ELVIS tinha mais de 15 distintivos oficiais, concedidos por diversas autoridades policiais norte-americanas!
Talvez ELVIS seja um dos rostos mais bonitos e conhecidos do século XX, daí muita gente querer se parecer com ele, até mesmo em outras galáxias!

Stich, o extraterrestre que queria ser o REI..

... Ops! mas este aí acima sou eu!!!!!

Hoje, Graceland deverá receber centenas de milhares de fãs, de todo o mundo, para saudar o REI. Será um dia de muitas homenagens, e claro, muito rock n' rool!

VIDA LONGA AO REI!!!!!

domingo, 6 de janeiro de 2008

Especial sobre o Jalapão

Caros amigos,

hoje, 06/01/2008, o Programa Globo Rural exibiu uma reportagem especial sobre a região do Jalapão (foto abaixo), localizada no estado do Tocantins. A reportagem aborda, de forma brilhante, aspectos como geologia, fauna, flora, hidrografia e aspectos humanos da região.

Vale a pena conferir o vídeo, na integra, no site do programa.

http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM772748-7823-A+HISTORIA+DA+REGIAO+DO+JAPALAO,00.html

A todos, um forte abraço.

quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

Mortes no trânsito.

Caros amigos,
já faz um bom tempo que estou bastante preocupado com um grave problema da sociedade moderna: as mortes no trânsito. Em todo o mundo o transito ceifa vidas, porém os números brasileiros são alarmantes e disparam na frente de qualquer país do mundo.
No último Natal, só nas estradas federais brasileiras, morreram 196 pessoas em acidentes, que foram causadas por imprudência. No feriado do reveillon foram 99 mortes, segundo a Polícia Rodiviária Federal - PRF (entre 28 de dezembro de 2007 e 1º de janeiro de 2008).
No Brasil, mais de 40.000 pessoas perdem a vida anualmente em acidentes de transito, porém acredita-se que estes números são maiores pois as estatísticas são falhas. O erro humano é, indubitavelmente, responsável pela maior parte dos acidentes registrados. No país, os principais tipos de imprudências determinantes de acidentes fatais, por ordem de incidência, são:

* Velocidade excessiva;
* Dirigir sob efeito de álcool;
* Distancia insuficiente em relação ao veiculo dianteiro;
* Desrespeito à sinalização;
* Dirigir sob efeito de drogas.

Mas, alguns fatores são determinantes para tais imprudências, dentre eles:

* Impunidade / legislação deficiente;
* Fiscalização corrupta e sem caráter educativo;
* Baixo nível cultural e social;
* Baixa valorização da vida;
* Ausência de espírito comunitário e exacerbação do caráter individualista;
* Uso do veículo como demonstração de poder e virilidade.

Recentemente, levantei uma discussão, em uma enquete proposta neste blog, sobre a importância da educação sobre trânsito nas escolas, aos níveis de Ensino fundamental II e médio, como forma de redução para "a guerra no trânsito". O resultado foi surpreendente: 100% dos internautas votaram SIM, essa seria uma saída!

Me pergunto: porque as escolas brasileiras não incluem em seus currículos escolares aulas sobre trânsito? Seria talvez pela falta de mão-de-obra qualificada? Seria pela lei "flexível", (Lei de Diretrizes de Bases) que não as obriga? Seria pelo custo financeiro final? Ou simplesmente porque ensinar sobre segurança no trânsito não é dever das escolas?

Uma coisa é certa. Enquanto "ninguém" faz nada continuaremos a assistir, nos telejornais, a matança (maior que os conflitos no Iraque!), que ocorre nas estradas, a cada feriado ou final de semana. Por mais cuidado que se tenha, tem sempre alguém que acha que a vida não vale nada, e que um carro faz desse alguém um super-homem, imortal!

Precisamos fazer algo, e já! Se algum dos amigos tiver alguma idéia para que possamos alertar a sociedade sobre esse perigo (real e imediato!), entre em contato. Será um prazer sentar e conversar.

CHEGA DE MORTES NO TRÂNSITO! EU QUERO UMA ESTRADA DE PAZ!

Grande abraço a todos.

Saiba mais sobre o assunto em: http://www.transitobrasil.com.br